FAMA: organizações ecumênicas e da sociedade civil irá promover debates sobre o uso da água como um bem comum

1

BRASIL-

CAID/ALC NoticiasA partir de 17 de março até o dia 22, acontecerá em Brasília dois importantes eventos internacionais: o Fórum Mundial da Água e o Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA). No FAMA, organizações ecumênicas e da sociedade civil estão articulando sua presença para promover debates sobre o uso da agua como um bem comum e fonte de vida. A Christian Aid está liderando um evento no dia 17 de março, com o objetivo de engajar as organizações ecumênicas e criar um espaço para discutir o acesso e o uso da água na América Latina e do Caribe. Participantes de 8 diferentes países (Argentina, Brasil, Bolívia, Colômbia, Cuba, Guatemala, El Salvador, Equador) de 15 organizações estarão no evento para compartilhar seus desafios, experiências e desenvolver ações conjuntas. ALC Noticias prevê a cobertura periodistica do evento.

A América Latina e o Caribe são, juntos, a região mais desigual do mundo, com altas taxas de desigualdades econômicas, políticas e sociais em todos os seus países. Entre essas desigualdades, há o problema com o acesso a água limpa na região – a dificuldade de acesso a água é uma consequência crucial das desigualdades na América Latina e Caribe, transcendendo as fronteiras e apontando desafios comuns a comunidades vulneráveis nos países da região.

O Brasil, por exemplo, possui 12% de toda a água potável do planeta, de acordo com a UNESCO. Essa informação contrasta com o fato de que 82% dos brasileiros não tem acesso a agua tratada. O crescimento do controle privado sobre a água e falhas na administração pública excluem as populações mais vulneráveis desse direito fundamental. Há também a constante preocupação com a região amazônica (onde a Christian Aid trabalha com programas no Brasil e na Bolívia) e a luta contra as desigualdades trazidas pelos interesses do capital financeiro e dos megaprojetos.

Para Sarah Roure, diretora do programa do Brasil na Christian Aid: “O Fórum Alternativo Mundial da Água é uma grande oportunidade para aproximar os desafios locais de acesso a agua com duas importantes campanhas globais – justiça climática e a necessidade de vencer desigualdades.

Christian Aid, uma agencia ecumênica britânica-irlandesa, integra a luta pelo acesso justo a água, uma vez que o tema está conectado com as desigualdades que se interseccionam na região – por conta das múltiplas faces da desigualdade na sociedade, a maior parte dos afetados e colocados em perigo por essa situação são os pobres e marginalizados. A discussão ao redor da água vai além da simplicidade e atinge questões relacionadas a demandas estruturais dentro das sociedades da América Latina e do Caribe.

O seminário no dia 17/03 trará discussões sobre a relação entre organizações ecumênicas com as experiencias e desafios que as pessoas enfrentam todos os dias – será um espaço para compartilhar experiências, por exemplo, sobre a luta das mulheres do campo para vencer problemas com o uso privado da água em suas terras e sobre o impacto ambiental da mineração. O compartilhamento de histórias por parte de pessoas que vivem esses desafios diariamente é mais uma forma de luta pelo acesso justo a agua e contra as desigualdades da região.

Essa é uma importante ocasião política, por conta desses dois eventos relevantes para discutir o uso futuro da água no mundo – o impacto e a força da ação conjunta das organizações religiosas é essencial. A comunidade ecumênica defende o direito do uso da água como um bem comum e direito universal, o que significa que comunidades locais precisam ter suas vozes ouvidas e precisam também de poder para interferir nas decisões que as afetarão. Durante o Fórum Alternativo Mundial da Água, essas organizações religiosas montaram uma agenda de iniciativas em favor da partilha e do uso justo da água no mundo, na Tenda Inter-religiosa.

O seminário organizado pela Christian Aid contara com a preencha de importantes figuras da comunidade ecumênica internacional, como Sarah Roure, diretora da Christian Aid Brasil, Carlos Rauda, Coordenador da ACT Aliança na América Latina e Caribe e Ana Laura Alvarez, do CREAS.

Christian Aid e CREAS são membros da ACT Aliança, uma coalizão composta por 142 organizações ecumênicas de mais de 100 países ao redor do mundo.

 

Para mais informações, por favor entre em contato com:

Leonardo Godoy – lgodoy@christian-aid.org – Whatsapp: +55 11 947449372

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *