Um café da tarde escandaloso

Mara Luz, Sao Paulo (Archivo)

Mara Luz, Sao Paulo (Archivo)

BOLÍVIA-

CAid/ALC-No 22 de fevereiro, lançamos o Escândalo das Desigualdades 2 em um pequeno café divertido em La Paz. A pequena sala estava lotada com nossos parceiros, representantes de agências irmãs e organizações da sociedade civil.
Mara Luz, a Chefa da América Latina e do Caribe na Christian Aid, que nos visitou em La Paz, deu uma introdução ao relatório. “Para nós, a justiça social significa uma sociedade mais equitativa, não só em termos financeiros, mas em termos da capacidade das pessoas de exercer seus direitos, em políticas públicas que incluam todas as pessoas e ajudem a reverter a desigualdade”.
Javier Goméz, diretor do nosso parceiro CEDLA, um bem conhecido think-tank da região, forneceu comentários sobre o relatório e uma excelente contextualização.
A desigualdade é um obstáculo primário à redução e ao desenvolvimento da pobreza. Deve estar no centro das discussões globais em curso sobre o desenvolvimento.
Após comentários e perguntas dos participantes, foram servidos sanduiches de abacate e chá, para assistir a primeira exibição pública de um documentário produzido pelo nosso parceiro ISEAT sobre as oportunidades e os desafios enfrentados pelos indígenas de Mosetén.
Sua história é semelhante a tantas comunidades com as quais trabalhamos na Amazônia, tanto na Bolívia quanto no Brasil, e o vídeo ilustrou perfeitamente muitos dos elementos destacados no relatório sobre exclusão e desigualdades estruturais profundamente enraizadas e porque o empoderamento deve estar no coração do nosso programa na Amazônia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *