Pentecostes das mulheres

Mujeres bailando de Tom Cowsert.

Angelica Tostes-

Chegando o dia de Pentecostes, estavam todas reunidas em um só lugar. E de repente um som, como de um vento vindo das saias das mães de santo quando dançam, encheu toda a casa onde estavam assentadas. E viram pequenas flores de lótus flamejantes flutuando e repousando sobre a cabeça de cada uma delas. E todas ficaram cheias da Ruah Divina e começaram a se expressar em diversas linguagens. Umas dançavam, outras cantavam lindos cânticos, ainda algumas começaram a desenhar e pintar suas visões celestiais, e também haviam aquelas que escreviam lindos poemas, conforme a Ruah as capacitava.

Muitos homens estavam próximos a casa onde elas estavam, ouvindo essa grande festa, ajuntaram-se e ficaram perplexos por todos compreendiam a mensagem divina nas diversas linguagens que estavam sendo transmitidas. Atônitos e maravilhados, eles perguntavam: “Acaso não são mulheres todas essas que estão falando, cantando e dançando? Como nós, homens, estamos recebendo as maravilhas da Deus por elas?”.

Perguntavam ainda: “Que significa isto? “. Alguns, todavia, zombavam delas e diziam: “Elas beberam vinho demais, são feiticeiras, bruxas. É impossível que venha alguma coisa boa das mulheres”. Então, todas as mulheres se levantavam juntas e disseram, guiadas pela Ruah: “Homens desse mundo, deixem-nos explicar-lhes isto! Ouçam com atenção: Nós não estamos bêbadas, como vocês supõem. Pelo contrário, isto é o que foi predito: “É tempo de a Ruah Divina dançar sobre todos os corpos, não mais sendo propriedade da religião judaico-cristã e nem apenas dos homens. Mas é tempo das minhas filhas profetizarem, das minhas jovens terem visões e das minhas queridas anciãs terem sonhos e proferirem palavras da Sofia. Derramarei sobre elas meu Espírito e elas profetizarão.” E foi assim que o Sopro da Vida inspirou as mulheres a se tornarem artistas, poetas, escritoras, dançarinas, cantoras, teólogas, pastoras e deu a força para elas se tornarem o que quiserem ser!

Atos 2:1-18

Pentecostes das mulheres

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *