Divulgada lista de projetos apoiados pelo edital “Povos Indígenas em Resistência”

Ao todo, cinco iniciativas de organizações indígenas foram selecionadas no edital Povos Indígenas em Resistência: apoio a projetos de fortalecimento de organizações indígenas. Os projetos são de organizações da região Sul, Rondônia e sul do Amazonas.

O edital vincula-se ao projeto “Moviracá: direito à terra indígena”, executado pela Fundação Luterana de Diaconia-Conselho de Missão entre Povos Indígenas (FLD-COMIN), apoiado pela União Europeia. Com apoio do Programa de Pequenos Projetos (PPP), o edital objetiva contribuir para a resistência indígena nacional, através do fortalecimento das organizações indígenas, na defesa de seus direitos constitucionais e no enfrentamento às violências e violações que atingem os povos indígenas.

As organizações apoiadas ainda participarão de oficinas sobre gestão coletiva de projetos e de comunicação, previstas para o segundo semestre de 2022 e em 2023, em local a ser definido.

FIQUE DE OLHO: as iniciativas selecionadas receberão até a próxima semana um e-mail de aprovação do projeto, com mais informações sobre o apoio.

Lista dos projetos apoiados no Edital Povos Indígenas em Resistência

1. ARPINSUL – Fortalecendo as bases para luta, Articulação dos Povos Indígenas da Região Sul – ARPINSUL

2. Caravana das Originárias – Região Sul e Rondônia, Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade – ANMIGA

3. Fortalecendo nossas bases, nosso nhandereko e protegendo nossas terras nhanhemombraete, nhamombaraete nhandereko nhande yvvy jaepy aguã – Comissão Guarani Yvyrupa – CGY

4. Mulheres Indígenas Unidas, Fortalecidas e Empoderadas, Associação das Guerreiras Indígenas de Rondônia – AGIR

5. Resistimos para fazer a diferença, Organização dos Povos Indígenas Apurinã e Jamamadi – OPIAJ

Esta ação é uma parceria entre FLD-COMIN e movimento indígena, com financiamento da União Europeia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *