A onipotência e a debilidade de Deus na teologia de Bonhoeffer

“Para Bonhoeffer não existe o deus ex-machina que, de uma hora para a outra, inverte as coisas. O ser humano secularizado precisa assumir o seu papel no mundo etsi deus non daretur (como se Deus não existisse). Cabe aos cristãos apontar rumos éticos de convivência e partilha”, afirma o pastor luterano e professor de teologia Harald Malschitzky, em entrevista a Andriolli Costa, do Instituto Humanista, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS).